Facebook

É muito fácil contatar a revenda diretamente.

147 C 1300 1.3

147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3
147 C 1300 1.3 147 C 1300 1.3

À Vista

R$35.000

Preço FIPE

Marca Fiat
Ano 1986
Quilometragem 103.466
Câmbio Manual
Combustível Flex
Portas 2
Placa IHQ4536
Código 8427223
  • Alarme
  • Bancos em couro
  • Direção mecânica
  • Trava elétrica
  • Vidros elétricos

Fiat 147 C 1986/1986 na cor Verde. Veículo com pintura nova, interior com bancos novos em courvin, vidros e travas elétricas. Motor FIASA dianteiro, transversal, com 4 cilindros e cilindrada de 1.297 cm3. Potência máxima bruta: 61 cv @ 5.200 RPM. Torque máximo bruto: 10 kgfm @ 2.600 RPM. O Fiat 147 foi o primeiro carro que deu início as atividades da Fiat no país em 1976. Ele também foi seu maior trunfo e mostrou que a gigante italiana não estava para brincadeira. Com 3,63 metros de comprimento, o Fiat 147 era cerca de 40 centímetros menor que o Volkswagen Fusca, e pesava menos, cerca de 800 quilos. O estepe do modelo era posto junto do cofre do motor, o que por sua vez liberava mais espaço no porta-malas, e facilitava a vida do motorista, caso em de uma viagem com o carro cheio, ele não precisaria descarregar o porta-malas, era somente abrir o capô e pegar o estepe. Seus bancos traseiros, eram do tipo rebatíveis, o que facilitava o transporte de objetos maiores, como é usado atualmente por grande parte dos modelos vendidos. Outro ponto interessante na construção do Fiat 147, era que o vidro do para-brisas, era laminado, o que facilitava em caso de colisões frontais, o vidro não se estilhaçaria. Lançado em 1979, o Fiat 147 a álcool foi o pioneiro por ser o primeiro carro a usar álcool num motor. O modelo esteve em testes durante três anos antes de ser lançado. O motor era o 1.3 litro com 61 cavalos, o painel era o mesmo da versão Rallye e as rodas também vieram do modelo esportivo. O modelo ganhava sua primeira reestilização em 1980, sua nova frente mais alta e quadrada, chamada pela Fiat de "Europa", tinha o capô mais elevado, grade com leve inclinação para frente, e agora as luzes de direção vinham do lado dos faróis principais. Mais uma renovação para o Fiat 147 era vista em 1983, tanto para o hatch quanto para a perua, a versão Spazio era uma versão de luxo. Novos faróis, bem maiores do que eram usados no modelo Europa e na grade as cinco barras laterais que viriam a ser a nova identidade do logo da Fiat. Ele saiu de linha em 1986, após 10 anos de produção e mais de 1 milhão de veículos produzidos, levando em conta suas derivações, e deixando um legado importante para seu sucessor, o Fiat Uno. | Publicado por Autogestor [906138]

Oferecido Por

Contate a revenda via Whatsapp!

Whatsapp
(54) 99680.6778

Interessado? Contate a Revenda!

Quer que liguemos para você?

OBS: Sujeito à disponibilidade de horário.
OBS: Todas as informações aqui presentes são de responsabilidade do anunciante.

Oferecido Por

À Vista

R$35.000

Preço FIPE

Contate a revenda via Whatsapp!

Contate a revenda via e-mail!

Quer que liguemos para você?

OBS: Sujeito à disponibilidade de horário.

Suas Últimas Buscas

Talvez Você se Interesse...